Esportes

| Futebol

Em mais uma apresentação apagada de Lionel Messi pela sua seleção, a Argentina perdeu para a Venezuela por 3 a 1, nesta sexta-feira, em amistoso disputado em Madri. O camisa 10 argentino, prejudicado também pelo desempenho fraco dos seus companheiros, não foi nem sombra do craque que acumula gols e grandes atuações pelo Barcelona.

Messi não atuava pela equipe nacional desde a derrota por 4 a 3 para a França nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, em 30 de junho do ano passado, e acabou fazendo um retorno decepcionante à seleção, um dia depois de a Associação de Futebol Argentino (AFA) ter chegado a publicar um vídeo para comemorar o fato de voltar a contar com o astro representando o seu país.

##RECOMENDA##

A Argentina teve a iniciativa do jogo. Messi ficou como armador das jogadas, mas, bem marcado e com pouca movimentação, quase não foi visto no primeiro tempo. O craque do Barcelona só teve três momentos de destaque nos 45 minutos iniciais. Sua primeira aparição ofensiva foi aos 29 minutos, quando driblou três marcadores e cruzou na cabeça de Lautaro. A cabeçada foi boa, mas a defesa de Fariñez foi melhor.

Aos 37, Messi recebeu na direita e bateu em curva no canto direito de Fariñez, que fez mais uma grande intervenção. Já aos 42, o astro cruzou outra vez na medida para Lautaro, que errou o alvo.

Se Messi não conseguiu ser letal como é com frequência pelo Barça, o restante dos jogadores argentinos foi pior ainda. O setor defensivo foi o destaque negativo, proporcionando vários espaços para o rápido e determinado ataque venezuelano.

Logo aos 5 minutos de jogo, Rondón foi lançado, dominou a bola com categoria e bateu com precisão para abrir o placar. O gol desestabilizou o time argentino, que atuava diante de uma Venezuela que não encarou o jogo como um amistoso.

Para piorar a vida dos argentinos, Murillo fez um bonito gol aos 43 minutos para ampliar o placa, ao bater colocado, sem chance de defesa para o goleiro Armani. A Venezuela venceu a primeira etapa por 2 a 0, mas poderia ter feito pelo menos mais dois gols.

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro. Um domínio de bola improdutivo por parte da Argentina, que se expunha aos contra-ataques bem armados dos venezuelanos.

Aos 13 minutos, porém, a Argentina chegou a ter um fio de esperança de que poderia reagir. Messi iniciou o contra-ataque pela direita, passou por dois adversários e descobriu Lo Celso na esquerda, que serviu para Lautaro surgir diante do goleiro e fazer o primeiro gol argentino.

Parecia que a Argentina iria se recuperar na partida, mas Messi voltou a sumir em campo e os venezuelanos aproveitaram para tocar a bola e esfriar o entusiasmo adversário. E aos 30 minutos, Foyth fez pênalti em Josef Martínez, que bateu repleto de marra e foi festejar com pose para aparecer no telão do estádio.

Messi voltou a aparecer para o público, que contou com um grande número de torcedores apoiando a Venezuela, aos 36 e aos 42 minutos, ao cobrar de forma tímida duas faltas para fora. E a Argentina ainda amargou o jogo terminando aos gritos de "olé" da torcida adversária, que festejou o resultado como se fosse uma vitória em Copa do Mundo.

O Náutico chega ao terceiro jogo em casa em um período de seis dias com mais uma partida decisiva pela frente. Os alvirrubros encaram o Altos-PI, pela 7ª rodada da Copa do Nordeste, às 18h deste sábado (23). Com o desgaste físico dos atletas, mas também com volta de jogadores importantes como Wallace Pernambucano e Jorge Henrique, Márcio Goiano preferiu não falar de escalação.

"Realmente nos coloca numa situação mais delicada pra recuperar os atletas, então a gente procura observar o máximo alguns atletas especiais. Tem alguns outros que ficaram fora com condições de entrar. Pós-jogo também fazemos análise individual de cada atleta, não só jogo do anterior, mas em mais jogos também. Analisamos todos os ajustes em relação a rendimento, mas temos bastante opções. Ainda vou avaliar da melhor forma possível e na hora de escalar vamos colocar os atletas que estão em melhores condições físicas", afirmou.

##RECOMENDA##

Na 4º posição do Grupo B da Copa do Nordeste, com 11 pontos, o Náutico ainda luta para se manter no G4. O treinador Timbu também comentou a dificuldade da classificação, ressaltando a importância de uma vitória.

"Você vai olhar todo dia, você pega para olhar se uma vitória e um empate dariam a classificação, mas é muito difícil. Até pelos confrontos, todo mundo joga em casa. Então realmente temos que enfrentar o Altos com muita atenção porque precisamos do resultado e vamos para o último jogo, que vai ser decisivo pra essa classificação. O Vitória (adversário do Náutico pela Copa do Nordeste, depois do Altos) vai estar buscando também, e a pontuação é mais baixa. Mas o momento é pensar no Altos agora e depois teremos a semana pra pensar no próximo adversário. Nossa maior dificuldade hoje é o Altos. Precisamos estar bem concentrados para esse jogo importante para nós agora na Copa do Nordeste e sempre respeitando os adversários. Qualquer adversário que vier aos Aflitos vamos respeitar, mas o mais importante é se impor dentro de campo para buscar os resultados positivos", finalizou.

Por Miguel Inácio

 

O aplicativo 99 Pop, em parceria com o Sport Club do Recife, irá disponibilizar 20% de desconto para os torcedores que forem com motoristas do aplicativo para o jogo do Leão diante do Petrolina, em partida válida pelas quartas de final do Campeonato Pernambucano, neste domingo (24), às 16h, na Ilha do Retiro.

Para ter acesso a promoção, o torcedor rubro-negro precisará apenas gerar o cupom de desconto oferecido pelo aplicativo: ILHALOTADA99, e como é geolocalizado, basta o torcedor colocar a localização da Ilha do Retiro e já estará recebendo o abatimento.

##RECOMENDA##

A parceira do aplicativo com o clube rubro-negro é uma ação pensando no deslocamento dos torcedores, uma vez que para cada cinco mil torcedores, o Leão dará desconto de R$ 1 na cerveja vendida nos bares da Ilha do Retiro. Ou seja: a expectativa é de grande público.

O técnico Cuca vai iniciar seu trabalho no São Paulo no dia 2 de abril. O treinador conseguiu liberação médica após a cirurgia cardíaca realizada em dezembro e vai voltar aos gramados 13 dias antes do previsto. A previsão inicial era que ele começaria a trabalhar no dia 15.

O treinador já vem participando ativamente da vida do clube. Ele visitou o CT na semana passada, conversa diariamente pelo com o interino Vagner Mancini e acompanha as negociações para reforçar a equipe.

##RECOMENDA##

Depois de sugerir Tchê Tchê e Keno, jogadores de difícil contratação por questões econômicas, ele pediu a contratação do atacante Marquinhos Calazans, que pode ser trocado por Nenê. A ideia do treinador é mudar o perfil do elenco, apostando em jogadores mais jovens e dinâmicos.

Cuca tem passado seu período de repouso com a família, em Curitiba. Ele não tem nenhuma limitação clínica, mas os médicos recomendaram que ele se afastasse do estresse dos jogos. Em função da evolução clínica, ele estará pronto para voltar no começo de abril.

Na partida deste domingo, o jogo de ida das quartas de final do Paulistão, diante do Ituano, o time vai continuar a ser comandado pelo interino Vagner Mancini. O mesmo acontece no jogo de volta, marcado para a próxima quarta-feira.

Segundo o jornal britânico The Sun, o meia do Real Madrid, Toni Kroos, está na mira do Manchester United. O clube inglês estuda uma proposta de 58 milhões de euros (R$ 248 milhões) ao clube merengue pelo craque alemão.

Kroos renovou contrato com o Real Madrid por mais três temporadas, além disso, o atleta possui uma multa rescisória no valor de 500 milhões de euros (R$ 2,4 bilhões).

##RECOMENDA##

 Apesar do alto valor, o jornal espanhol Mundo Deportivo destacou que o clube merengue pode considerar a venda do jogador, pelo fato de estar de olho em Pogba para reforçar o meio campo.

 

Nove dias depois de ter anunciado que havia aberto uma investigação contra Neymar por causa das críticas que o jogador fez à arbitragem após a derrota do Paris Saint-Germain para o Manchester United, por 3 a 1, no último dia 6, na capital francesa, a Uefa revelou nesta sexta-feira que o astro brasileiro foi enquadrado no item D do artigo 15 do regulamento disciplinar da entidade, que fala em "insultar" juízes e prevê suspensão de três partidas em caso de condenação em um julgamento.

O órgão que controla o futebol europeu também informou que a audiência na qual o atacante será julgado pelo seu Comitê Disciplinar ainda não teve a sua data marcada, o que deve ocorrer em breve. Afastado dos gramados por estar se recuperando de lesão, ele poderá receber uma punição por causa de uma atitude intempestiva fora dos gramados pouco após o jogo que selou a eliminação do PSG nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

##RECOMENDA##

No último dia 6, Neymar estava acompanhando a partida entre o seu time e o Manchester United no estádio Parque dos Príncipes e se revoltou com os árbitros pela marcação de um pênalti favorável ao time inglês nos acréscimos do segundo tempo. Ele usou as suas redes sociais e chegou a fazer um xingamento no fim de uma mensagem que ele publicou pouco depois da queda do clube francês no torneio continental.

"Isso é uma vergonha! Ainda colocam 4 caras que não entendem de futebol pra ficar olhando lance em câmera lenta... Isso não existe! Como o cara vai colocar a mão de costas? Ah vá pá pqp", publicou Neymar, por meio de sua página na rede social Instagram, inconformado com a decisão da arbitragem que permitiu ao United marcar o gol de pênalti que despachou o rival do torneio.

Naquele lance que motivou a marcação da penalidade decisiva para o time de Manchester, Dalot deu um chute despretensioso e Kimpembe, do PSG, saltou para cortar a bola e colocou o braço nela, mas ele estava de costas na jogada. O árbitro não marcou a penalidade em um primeiro momento, mas depois foi alertado pelo VAR (arbitragem de vídeo) sobre o toque no braço, reviu a jogada e assinalou pênalti. Rashford foi para a cobrança e se tornou o herói da classificação da equipe inglesa, que no duelo de ida do mata-mata, na Inglaterra, havia sido derrotada por 2 a 0.

Quando abriu o processo contra Neymar, a Uefa havia informado que o caso do brasileiro poderia ser julgado no dia 28 de março, em data prevista para que outros jogadores envolvidos com problemas disciplinares também tenham as suas situações analisadas pela entidade. Porém, o órgão ainda não confirmou o dia do julgamento do brasileiro.

Mesmo antes de enfrentar o Ceará, pela Copa do Nordeste, em partida que acontece neste sábado (23), o Santa Cruz já abriu venda de ingressos para a disputa das quartas de final contra o Afogados da Ingazeira. O jogo está marcado para a próxima quarta-feira (27), às 19h15, no Arruda.

Os ingressos custam de 20 a 60 reais. O torcedor tricolor que não é sócio, porém, paga R$ 15 pelo bilhete na arquibancada superior, se fizer a compra até a terça-feira (26). No dia do jogo, o preço sobe para R$ 20. Na arquibancada inferior, também tem promoção para quem comprar antes. Para o setor atrás da barra, o torcedor paga R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), até o dia anterior ao jogo. Na quarta, valores sobem para R$ 50 e R$ 25. No setor do escudo, o tricolor paga R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia), também até o dia 26. No dia da partida, o preço fica em R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

##RECOMENDA##

As gratuidades para sócios serão mantidas em seus devidos setores. As vendas já começam nesta sexta-feira (22), das 14h às 18h. No sábado, entre as 9h e as 16h. Na segunda e na terça, o torcedor pode comprar seu ingresso na bilheteria do clube das 9h às 18h. No dia do jogo, as vendas começam no mesmo horário e vão até o início da partida. No domingo, não haverá venda de ingressos.

Por Miguel Inácio

O São Paulo está avançando na negociação pela volta do atacante Alexandre Pato. A diretoria trata o assunto com reserva e discrição para evitar expectativas da torcida, mas espera uma definição na semana que vem. "A negociação avança a cada dia", diz um dirigente do clube.

O clube resolveu tratar a negociação com cautela, pois não será possível inscrever o atacante para as quartas de final do Campeonato Paulista. O prazo para troca de atletas inscritos se encerra nesta sexta-feira e a documentação para registro do atletas não chegaria a tempo da China.

##RECOMENDA##

O empresário do jogador, André Cury, encerra uma viagem à Europa neste final de semana. Por isso, a diretoria vai tratar o negócio com mais calma, de acordo com pessoas ligadas à diretoria do clube.

Embora o jogador tenha rescindido seu contrato com o Tianjin Tianhai, da China, na semana passada, a conversa é complexa. A primeira questão é salarial, pois o clube trabalha com valores da ordem de R$ 1 milhão, o que significa um terço do que Pato ganhava no futebol chinês.

A segunda questão é o valor das luvas, espécie de recompensa pela preferência do jogador pelo clube. A terceira é a concorrência: Palmeiras, Santos e Flamengo já fizeram sondagens. "Vamos falar dos jogadores que estão aqui", disse o diretor executivo de futebol Raí após o empate por 1 a 1 com o São Caetano nesta quinta-feira. Para o técnico Vagner Mancini, o "assunto é interno".

Com um bom início de temporada, o atacante Hernanes do Sport tem apagado a imagem ruim deixada em 2018 no rebaixamento do Sport. Com seis gols, o ‘brocador’ é artilheiro isolado do estadual e credita a boa fase ao estilo de jogo do técnico Guto Ferreira.

“Eu acho que a formação de Guto facilita para o centroavante. O time fica agudo e com a bola. Eu conheço a maneira dele jogar e isso facilita meu trabalho. A crescente da nossa equipe sai automaticamente e nosso time evoluiu muito nas mãos dele. Os gols de todo o ataque estão saindo. E isso fortalece mais a nossa equipe, independente de quem fizer gols”, ressaltou.

##RECOMENDA##

O bom ambiente vivido no clube deu espaço inclusive para uma aposta entre o centroavante e seu colega Ezequiel. Hernane confessou ao site oficial do clube que realizou uma aposta que consiste em cinco assistências de Ezequiel para Hernane, se for concretizado, Hernane paga um jantar para o atleta.

“Ezequiel está cobrando muito. Eu até brinco e digo: 'Para de encher o saco e me dá assistência'". A brincadeira deu certo. Formamos uma parceria ali na frente, Luan também entrou no time e começou a marcar gols. A gente sabe que a chegada do treinador novo faz a gente ganhar oportunidade. Espero até o final do Pernambucano pagar muitos jantares que isso dá muito certo”, comentou.

Ao todo Ezequiel já ofereceu três gols para Hernane e espera ‘ganhar’ esse jantar no próximo jogo. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) negou o recurso do Flamengo de Arcoverde e confirmou o Petrolina como adversário do leão nas quartas de finais do estadual. O jogo está marcado para domingo (24) na Ilha do retiro as 16h.

LeiaJá também

--> Sport abre venda de ingressos

Lanterna da última Copa do Mundo, há quase um ano sem vencer, com treinador recém-contratado e com elenco reduzido e inexperiente. O Panamá que vai enfrentar a seleção brasileira, neste sábado, em amistoso em Portugal, está longe de ser um teste à altura das dificuldades a serem enfrentadas pela equipe de Tite na Copa América.

A equipe do país da América Central ocupa a 76.ª posição no ranking da Fifa, colocação pior do que a de todas as seleções que estarão na disputa da Copa América. O Panamá fechou o Mundial da Rússia com a maior goleada sofrida na competição (6 a 1 diante da Inglaterra) e com a pior campanha entre os 32 participantes.

##RECOMENDA##

A última vitória panamenha foi em abril do ano passado, em amistoso contra Trinidad e Tobago. Desde então a equipe acumula 11 partidas sem vencer e levou a federação a mudar de planos há cerca de um mês. A decisão foi trocar o comando e escolher o interino Julio Dely Valdés, ex-atacante, ídolo do futebol local e que assume o posto pela terceira vez.

"Sabemos da dificuldade que é jogar contra o Brasil. Além do resultado, devemos nos sentir bem. Vamos jogar com respeito, mas sem medo. Vamos buscar mostrar nosso potencial", disse o técnico, conhecido no país pelo apelido de Panagol.

O treinador chamou para o amistoso contra o Brasil uma lista reduzida de jogadores. Em vez de 23 nomes, como fez Tite, o panamenho vai contar apenas com 18 atletas. Dez deles estiveram na Copa da Rússia e nenhum atua em grandes ligas. O único que joga em um país renomado, a Espanha, defende um clube da quarta divisão.

A comissão técnica também é pequena e tem apenas 14 profissionais - a seleção brasileira conta com mais de 20 membros. O treinador tem como assistente técnico o seu irmão gêmeo, Jorge Dely Valdéz, também ex-jogador.

O contrato do novo técnico vai apenas até a realização dos Jogos Pan-Americanos, em Lima, no Peru, em julho e agosto. Em junho, o Panamá vai disputar a principal competição do ano, a Copa Ouro, e até lá quer se preparar em amistosos contra rivais mais fortes do que os adversários diretos das Américas Central e do Norte e do Caribe.

Enquanto o Brasil terá outro compromisso, na terça-feira contra a República Checa, os panamenhos se reuniram apenas para o amistoso deste sábado. "Vamos competir em busca de fazer o nosso jogo. Sabemos do potencial do Brasil", disse o goleiro Luis Mejía, que joga no Nacional, do Uruguai.

Os panamenhos estão hospedados no Porto em um hotel distante do centro. A equipe realizou os treinos em estádios de times amadores e na sede do time B do Porto. "Nós temos evoluído. Temos que seguir acreditando nos jogadores panamenhos e por isso estamos aqui. É questão de lapidar os jogadores. Eles têm cada vez mais talento", comentou o técnico.

Brasil e Panamá têm em comum um algoz. A Bélgica derrotou ambos na Copa do Mundo. Antes de eliminar a seleção de Tite, nas quartas de final, a equipe belga estreou na Rússia com uma vitória por 3 a 0 sobre os panamenhos.

Depois de um ótimo início de temporada, o Santos chega para as quartas de final do Campeonato Paulista em momento turbulento, tanto dentro quanto fora de campo. Além dos resultados recentes não serem os esperados, a diretoria tem sofrido para cumprir suas obrigações financeiras com os jogadores.

Os cartolas santistas não pagaram os salários dos atletas referentes a fevereiro, que deveriam ter sido quitados no começo de março. Somente os vencimentos dos membros da comissão técnica foram quitados. Diante deste cenário, Jorge Sampaoli devolveu o pagamento que recebeu ao Santos, e a situação tornou-se pública.

##RECOMENDA##

Os jogadores garantem manter o foco em campo, e a ordem é justamente essa. Afinal, a partir deste fim de semana, o Santos disputa uma vaga nas semifinais do Campeonato Paulista diante do Red Bull Brasil, time de melhor campanha na primeira fase do Estadual. O duelo de ida acontecerá no Pacaembu, neste sábado, enquanto a volta está marcada para terça, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

A tarefa promete não ser fácil, e pode ficar ainda mais complicada se o Santos repetir o desempenho dos últimos jogos. Após iniciar a temporada com seis triunfos nos primeiros sete jogos oficiais, o time alvinegro venceu apenas três dos últimos nove. Nas três rodadas finais do Paulistão, a equipe sequer marcou gols.

A despedida da primeira fase foi com goleada de 4 a 0 diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, com um time reserva. Para deixar este mau momento para trás, o Santos confia na volta de seus titulares. Sampaoli deve escalar no sábado: Vanderlei; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca, Jean Lucas, Carlos Sánchez e Jean Mota; Rodrygo.

O lateral-esquerdo Assis se recuperou de lesão e voltou fazendo a diferença no Náutico. O primeiro gol alvirrubro no triunfo por 3 a 0 contra o Vitória, na noite da última quarta-feira (20), nos Aflitos, saiu dos pés do jogador em bela cobrança de falta. O gol foi o primeiro de falta de Assis pelo Timbu, mas ele garantiu que o golaço não foi coincidência.

“Não tinha acontecido aqui ainda, mas é uma das minhas características. Se for procurar em clubes anteriores, vai encontrar gols. Procuro estar aprimorando sempre no dia a dia. Ontem (quarta, 20) fui muito feliz e pude ajudar”, afirmou ao site do clube.

##RECOMENDA##

Assis revelou ainda inspiração em Marcelinho Carioca, ex-atacante que fez sucesso no Corinthians e que marcou várias vezes de bola parada. “Era um batedor de falta incontestável e com certeza é uma das minhas inspirações. Vinha me cobrando porque não tinha conseguido fazer aqui ainda. Agora é procurar dar sequência para que os gols de falta continuem aparecendo”, disse.

Mas não é só Marcelinho que inspira o lateral-esquerdo Alvirrubro. Assis lembrou também do filho Pietro, de 4 anos, que apesar da distância, segue acompanhando os jogos do pai.

“É uma grande figura. Minha inspiração. Mesmo de longe, ele estava acompanhando e ficou mais feliz que eu com o gol. Hoje (quinta, 21) já chegou na escolinha mostrando o vídeo para os amigos. Isso me dá mais motivação ainda. Com certeza, está sempre presente em meu pensamento. Procuro fazer o melhor para ele ser cada vez mais feliz”, concluiu.

Por Miguel Inácio

Ainda um novato na seleção brasileira, Lucas Paquetá fará neste sábado sua primeira partida como titular da equipe de Tite, no amistoso diante do Panamá, em Portugal. E logo de cara, o jogador de 21 anos terá a incumbência de vestir a camisa 10, que já pertenceu a tantos craques.

"Ronaldinho, Pelé, Zico... São tantos jogadores que já vestiram essa camisa. Hoje, tenho a oportunidade e espero dar o meu melhor para corresponder essas expectativas", declarou nesta quinta-feira. "Vou colocar (a camisa) em um quadro, sem dúvida, e mostrar para a família, ter história para contar."

##RECOMENDA##

Ainda dando os primeiros passos na carreira, Paquetá é uma das esperanças da seleção brasileira visando a Copa do Mundo do Catar, em 2022, e representa o rejuvenescimento da equipe. Mesmo com a pouca idade, o ex-flamenguista mostrou-se pronto para a responsabilidade de vestir uma camisa tão importante na história do País.

"Você disse que a camisa 10 tem um peso grande e eu concordo. Mas a camisa da seleção, no geral, tem seu peso. São cinco estrelas, não importa a numeração. Farei meu trabalho para conquistar meu espaço", apontou.

Paquetá deixou o Flamengo no fim da última temporada e se transferiu para o Milan, onde rapidamente assumiu a titularidade e se tornou uma das principais peças da equipe. "Está sendo um período muito bom para mim e para minha família. É claro que ainda preciso me adaptar mais, melhorar. Mas fico feliz por fazer parte dessa evolução do time", comentou.

O meio-campista ainda apontou certa semelhança entre o estilo de jogo de sua equipe e o da seleção. "Os gestos táticos da seleção e do Milan são parecidos. No Milan, jogo pela ponta esquerda, a posição que eu gosto. Aqui, são grandes jogadores, e o Tite me dá liberdade para jogar. Mas a meia esquerda é a posição que prefiro."

Lionel Messi volta a vestir a camisa 10 da seleção da Argentina, nesta sexta-feira, em amistoso diante da Venezuela, em Madri. O craque está sem jogar pelo time nacional desde a eliminação para a França nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, há oito meses e meio. Para demonstrar a satisfação de ter seu maior astro em ação, a Associação de Futebol Argentino (AFA) divulgou um vídeo nas redes sociais no qual o jogador é exaltado e citado com dono de qualidades que lembram as virtudes de outras grandes figuras do país sul-americano, e não só do meio esportivo.

O vídeo diz que Messi tem a fé do papa Francisco; a velocidade de Juan Manuel Fangio, (pentacampeão mundial de Fórmula 1), carrega a bola como se tocasse como o bandoneonista e compositor Astor Piazzolla, além de encestar a bola como Manu Ginóbili, campeão olímpico e da NBA pelo San Antonio Spurs.

##RECOMENDA##

O texto ainda afirma que Messi faz os corações baterem como René Favaloro (renomado cardiologista). E na grande área é como Carlos Gardel, o célebre cantor. O canhoto camisa 10, segundo o locutor, conclui as jogadas como a tenista Gabriela Sabatini e nos deixa sem palavras como o escritor Jorge Luis Borges, além de "voar" como o carro esportivo Pagani Zonda e te deixa pintado como o artista plástico Benito Quinquela.

"Ainda assim, há gente que acha que ele é de outro planeta? Pode ser. De um planeta de gênios, chamado Argentina", termina o vídeo publicado nesta quinta-feira.

Sem rodeios, o técnico Lionel Scaloni ratificou a escalação do craque e anunciou a equipe que vai iniciar a partida: Franco Armani; Gonzalo Montiel, Gabriel Mercado, Juan Foyth e Lisandro Martínez; Giovani Lo Celso, Leandro Paredes, Nicolás Tagliafico e Lionel Messi; Lautaro Martínez e Gonzalo Martínez.

"É uma alegria ter o retorno de Messi. Apesar da minha juventude, tenho a possibilidade de treiná-lo. Tenho de fazer com que a equipe o acompanhe e que ele dê o melhor de si. Esperamos que sua volta aumente o potencial do time", afirmou o treinador, de 40 anos, em entrevista coletiva nesta quinta.

Scaloni espera que a Argentina tenha a iniciativa de propor o jogo durante os 90 minutos do duelo com os venezuelanos no amistoso que será disputado no estádio Wanda Metropolitano, casa do Atlético de Madrid, a partir das 17 horas (de Brasília). "O importante é que nossos jogadores sejam protagonistas nos jogos", ressaltou.

O elenco argentino treinou nesta quinta-feira por uma hora, em Valdebebas, local de treinamento do Real Madrid. Na primeira parte, os jogadores fizeram um trabalho físico. Na segunda, foram explorados aspectos táticos. Ao final, o grupo foi dividido em duas partes. Um trocou passes em campo reduzido, enquanto o outro testou jogadas ensaiadas. Após o treinamento, os jogadores receberam a visita de Agustina Barroso e Ruth Bravo, atletas da seleção feminina.

Quatro dias depois de enfrentar a Venezuela, a Argentina fará novo amistoso, contra o Marrocos, na casa do rival, em Tânger. Essas duas partidas servirão como preparação para a Copa América, que será realizada no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho.

O atacante Serginho defendeu nesta quinta-feira a atitude surpreendente que adotou no domingo, durante jogo do Campeonato Boliviano. Defendendo o Jorge Wilstermann, ele abandonou o gramado diante de ofensas racistas recebidas por parte da torcida do Blooming. E foi alvo de reclamação formal do rival no Tribunal de Justiça Desportiva.

"Fui discriminado pela minha cor desde o início da partida. Me chamaram de macaco, gorila, a cada momento em que eu tocava na bola", declarou o brasileiro de 34 anos, que defende o Wilstermann desde 2017. "Tem que haver um precedente para que isso acabe de uma vez por todas", afirmou.

##RECOMENDA##

Serginho abandonou o campo do estádio Ramón Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra, aos 40 minutos do segundo tempo da partida realizada na noite de domingo. O brasileiro iria executar uma cobrança de escanteio, mas, ao ser alvo dos insultos, cruzou o gramado e abandonou a partida. O Blooming venceu o Wilstermann por 2 a 0 em partida do Torneio Apertura nacional.

Nesta quinta, ele alegou que estava cada vez mais incomodado com os insultos e decidiu deixar o campo porque sua família estava assistindo ao jogo. Após o episódio de racismo, o brasileiro e o Jorge Wilstermann contaram com o apoio da Federação Boliviana de Futebol, de rivais como Aurora e The Strongest e até do presidente do país, Evo Morales.

O Blooming também condenou os ataques racistas, mas ao mesmo tempo fez uma queixa formal ao tribunal porque o jogador deixou o gramado antes do fim da partida. O Wilstermann, por sua vez, também acionou o tribunal por conta das ofensas raciais.

O Náutico chega à terceira partida em casa em apenas 6 dias. Classificado para a semifinal do Campeonato Pernambucano após vencer o Vitória por 3 a 0, o Timbu encara o Altos-PI, pela Copa do Nordeste, e tem promoção para o torcedor.

Os sócios Nação Timbu vão pagar apenas R$ 5 para assistir ao jogo. A gratuidade se mantém para os sócios que tem desconto de 100% no ingresso. Para os não-sócios, o ingresso custa R$ 20. Os valores são apenas para esta sexta-feira (22). No sábado (23), dia da partida, os ingressos voltam a custar R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

##RECOMENDA##

A partida é válida pela 8ª rodada da Copa do Nordeste. O Náutico tem 11 pontos e ocupa a 4ª posição do Grupo B. O Altos-PI é o 7º no Grupo A, com apenas 2 pontos.

Por Miguel Inácio

O Fluminense não terá mais materiais esportivos fornecidos pela Under Armour a partir de julho de 2020. De acordo com o GloboEsporte.com, a empresa americana não vai mais investir em futebol. Ainda assim, o Tricolor carioca deve ter novos uniformes da fornecedora para a temporada atual apresentados até o fim de 2019.

A Under Armour já tinha confirmado a informação de que romperia contrato com o Sport, que iria até 2023. De acordo com o Vice-presidente do clube rubro-negro, o acordo com a fornecedora deve acabar no fim desta temporada. Enquanto os cariocas estudam ofertas de outros fornecedores, os pernambucanos não descartam criação de uma marca própria.

##RECOMENDA##

Por Miguel Inácio

Neste sábado (23), o Santa Cruz encara o Ceará pela Copa do Nordeste, às 16h, na Arena Castelão. Para o confronto, o tricolor do Arruda teve uma semana livre para treinamentos, desde o empate diante do Náutico no último final de semana. A falta de tempo para trabalhar têm sido uma das queixas do técnico Leston Júnior nas últimas semanas.

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (21), o comandante coral falou sobre o direcionamento do seu trabalho. Segundo ele, a comissão técnica tem tido o máximo de cuidado ao projetar a dura sequência de jogos que vêm pela frente, incluindo partidas decisivas.

##RECOMENDA##

“Minha maior preocupação nesta semana foi de recuperar os atletas para dar ao menos dois bons estímulos. Esta sexta (22), já é véspera de jogo, tem a viagem. Segunda (18) e terça (19), nós priorizamos a recuperação, para depois introduzir uma carga maior de trabalho. Tivemos um pouco mais de tempo para mostrar algumas coisas, já que num curto intervalo de tempo você só consegue direcionar em cima do adversário”, comentou Leston.

“São quatro jogos certos em sequência. Ceará, Afogados, Confiança e o primeiro jogo contra o ABC, na Copa do Brasil. Por isso, a gente tem preparado a equipe pensando nesse calendário, não só pensando no próximo jogo, que é contra o Ceará”, completou.

Em relação ao time que enfrentará o Ceará neste sábado (23), Leston Júnior afirmou que utilizará força máxima, visando uma classificação antecipada para as quartas do Nordestão. Com isso, a provável escalação vem com: Anderson; Cesinha, João Victor, William e Bruno Ré; Ítalo Henrique, Diego Lorenzi e Allan Dias; Luiz Felipe, Elias e Pipico.

“Vamos de força máxima em cima do melhor que tivermos à disposição. Qualquer jogador que esteja no ideal, vamos utilizar. Se eu conseguir agora a classificação, eu posso ter outra estratégia contra o Confiança, por exemplo, pensando nas decisões que se aproximam. Se o Danny Morais fica hoje à disposição, por exemplo, não teria certeza se utilizaria. Em relação ao Marcos Martins, precisamos ver como ele reagiu aos primeiros estímulos, desde que foi liberado. Mas não vou antecipar etapas, até porque preciso dele não só contra o Ceará”, ressaltou.

“Já temos uma estratégia elaborada para minimizar essa diferença estrutural entre o Ceará e a gente. Temos a possibilidade de fazer um bom jogo e encaminhar nossa classificação, cientes de que vamos encarar uma grande equipe, com base mantida por um bom treinador. Mas estou confiante de que temos condições”, finalizou.

Membro do Comitê de Gestão do Santos, Bruno Carbone foi o representante do clube na reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo, onde foram definidas as datas e horários das quartas de final do Estadual. O dirigente admitiu que os jogadores estão com salários atrasados e prometeu acertar a dívida com eles em 48 horas.

"É uma coisa que acontece na vida de qualquer clube. O Santos tem muito dinheiro para receber esse ano e adequaremos o fluxo de caixa em breve. Acredito que nas próximas 48 horas estará tudo resolvido", disse.

##RECOMENDA##

O dirigente negou que o técnico argentino Jorge Sampaoli devolveu o salário que recebeu referente ao último mês por causa do atraso com os jogadores. "Isso não aconteceu. Não chegou a mim", declarou. Carbone disse que compareceu ao evento porque o presidente José Carlos Perez viajou para a China e Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em busca de investimentos ao clube.

O Santos perdeu por 4 a 0 para o Botafogo, em Ribeirão Preto (SP), na última quarta-feira, e terminou na segunda colocação do Grupo A do Campeonato Paulista. "Terminamos com a terceira melhor campanha. Está tudo certo", minimizou Carbone.

Na próxima fase, o time alvinegro enfrentará o Red Bull Brasil, equipe de melhor campanha da fase de classificação da competição. O primeiro jogo acontecerá neste sábado, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e a segunda partida acontecerá na terça-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Conforme já era esperado que ocorresse, Cristiano Ronaldo foi apenas multado pela Uefa pelo gesto obsceno que protagonizou na comemoração de um dos seus três gols na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético de Madrid, no último dia 12, em Turim, pelo confronto de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.

A entidade anunciou nesta quinta-feira que aplicou uma multa de 20 mil euros (cerca de R$ 86 mil) ao astro português, que escapou de levar uma suspensão e assim está livre para enfrentar o Ajax no mata-mata das quartas de final da competição continental.

##RECOMENDA##

A Uefa informou que o seu painel disciplinar considerou o atacante culpado de "conduta imprópria" durante o duelo com o Atlético de Madrid. Naquele jogo, ele foi o grande herói da equipe italiana, que conseguiu reverter uma derrota por 2 a 0 sofrida na Espanha na partida de ida das oitavas de final.

Naquela ocasião, ao marcar um dos seus três gols, Cristiano Ronaldo exibiu a sua comemoração habitual, dando um pulo e usando os braços para lembrar que estava ali para ser decisivo mais uma vez. Porém, ele também protagonizou um gesto obsceno levando as mãos à região próxima do seu órgão genital.

E a punição com apenas uma multa nesta quinta-feira já era esperada também pelo fato de que Diego Simeone, técnico do Atlético de Madrid, havia sido sancionado da mesma maneira após também fazer um gesto obsceno ao comemorar um dos gols do seu time no duelo de ida com a Juventus. Antes de ser punido, o argentino reconheceu o exagero ao festejar e se desculpou.

O confronto de ida das quartas de final entre Juventus e Ajax será em 10 de abril, em Amsterdã, na Holanda, enquanto a partida de volta ocorrerá seis dias depois, em Turim.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando